Festa do Café, Cuca e Linguiça encerra com sucesso absoluto

Consolidação do evento é comemorada por Picada Café


Picada Café - 17/08/2016
Bolinho de chuva
Bolinho de chuva - Créditos: Marco Dieder
Café colonial
Café colonial - Créditos: Marco Dieder
Caminhos e trilhas
Caminhos e trilhas - Créditos: Marco Dieder
Cucas
Cucas - Créditos: Marco Dieder
Danças alemãs
Danças alemãs - Créditos: Marco Dieder
Danças alemãs
Danças alemãs - Créditos: Marco Dieder
Público
Público - Créditos: Marco Dieder
     O belo final de semana de sol fez com que o Parque Histórico Municipal Jorge Kuhn lotasse mais uma vez. A 7ª Festa do Café, Cuca e Linguiça trouxe milhares de pessoas a Picada Café. A originalidade da festa com exaltação da tradição da cultura alemã na música, na dança e da gastronomia atraiu muita gente. A integração do público com as apresentações do palco principal foi um dos pontos altos do evento.    Por diversas vezes "aprendizes" de dança alemã foram convidados a juntarem-se aos dançarinos para divertirem-se. Ênio da Silveira, 66 anos, veio com sua esposa Tereza da Silva, 56 anos, além de aproveitar a área gastronômica, fez questão de estar na dança de integração do grupo de danças alemãs na tarde de domingo. "A festa é do público que vem prestigiar. A gente sente-se parte da festa quando participa dessas brincadeiras. " Depois da dança Ênio e a esposa seguiram o Bierwagen pelo parque num grande momento de alegria e descontração. O final de semana era dos pais. E muitos deles comemoraram a passagem do seu dia em Picada Café. Rodrigo Metinger, 30 anos, comemorando seu primeiro Dia dos Pais, veio de Campo Bom com sua esposa Andreia Lino, 30 anos e o pequeno Matheus, de apenas 10 anos. "É a primeira vez que viemos ao parque e gostamos muito do espaço que permite toda a família ter momentos de lazer", destaca.       
      A 7ª Festa do Café, Cuca e Linguiça consolida-se. "O evento mostra aquilo que Picada Café o é em essência. Por isso quem nos visita acaba levando consigo um pedaço de nossa cidade", comemora a prefeita Cláudia Schenkel. Além de ser ampliada para dois finais de semana o evento contou também com a participação decisiva da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Picada Café. "Essa parceria com o poder público faz com que todos saiam ganhando", elogia a presidente da ACISPC Danúbia Malakoski, que também é uma das expositoras da festa.
       O segundo final de semana da festa teve atrações como a oficina gastronômica ministrada pela extencionista Elisete Benke da Emater/Ascar. Os participantes puderam aprender como fazer bolinho de chuva, wafler e rosca de polvilho. O Volkstanzgruppe Verbunden Durch Den Tanz de Presidente Lucena e o Volkstanzgruppe Johannetertal levaram ao palco principal muita dança folclórica. A Banda Exemplo e a Orquestra de Sopros deram o toque musical do dia.
       No domingo coube ao Grupo de Danças da Escola Municipal de Ensino Fundamental 25 de Julho e ao Grupo Folclórico Teewald de Santa Maria do Herval fazerem uma demonstração da perpetuação da tradição germânica. O Caminhos e Trilhas foi a atividade externa da festa. Belas paisagens estiveram aos olhos dos participantes nos 10 quilômetros de caminhada. A Banda San Diego fez todo mundo dançar. E para encerrar a festa o Bierwagen circulou pelo parque distribuindo chopp. A 7ª Festa do Café, Cuca e Linguiça foi uma realização da Prefeitura Municipal de Picada Café e Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Picada Café. O evento contou com apoio de Água Mineral Valle Vita, Associação dos Municípios da Rota Romântica e Emater/Ascar.
 

[Fonte:   Provedor Redesul]
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.