Voltaire Schilling apresenta a unificação italiana e os três Giuseppe

Encontro com o historiador foi realizado no último sábado (05)


Garibaldi - 09/04/2014
Foto: Alexandra Ungaratto
Foto: Alexandra Ungaratto
O último sábado, dia 5, foi marcado pela presença do intelectual e historiador Voltaire Schilling em Garibaldi. Com o tema “Mazzini, Garibaldi, Verdi e a Unificação Italiana”, o gaúcho abordou diversas questões que culminaram na unificação da Itália e a relação dos nomes apresentados pelo historiador como “os três Giuseppe”. O encontro aconteceu no hotel Casacurta e foi uma realização da Secretaria de Turismo e Cultura de Garibaldi.
Inicialmente, a secretária de Turismo e Cultura de Garibaldi, Ivane Fávero, agradeceu a presença inédita de Schilling no município e saudou os presentes. Ao se pronunciar, Schilling deixou claro seu conhecimento e interesse por todo o processo de unificação que a Itália passou, culminando entre 1860 e 1861. Além disso, narrou todas as datas e acontecimentos, junto ao contexto da época e às inquietações do período. Falou sobre os militantes Garibaldi e Mazzini e sobre Verdi, tido como um músico engajado, insatisfeito com a situação italiana existente.
No final da conversa os participantes puderam fazer perguntas ao convidado. Ao ser questionado sobre a relação do período antes da unificação com a vinda dos imigrantes italianos para a região, Schilling diz ainda não se ter base teórica que comprove exatamente a ligação, mas que existia sim, nos imigrantes que vieram ao Brasil, uma identificação muito maior com a região, como Vêneto ou Nápoles, do que com o país de forma geral.
Ao final, Ivane ressaltou a felicidade pelo momento cultural proporcionado. ““A palestra foi fantástica, de uma riqueza imensa de novas informações sobre o herói que dá o nome ao nosso município. Agradecemos, imensamente, ao Professor Voltaire por ter aceito nosso convite. Outras oportunidades como esta serão oferecidas à comunidade e aos turistas, com novos debates e palestrantes convidados””, disse.
Saiba Mais
Schilling leciona História há mais de 30 anos em diversas instituições de ensino, é autor de diversos livros, além de colunista e colaborador de jornais , é professor formado na UFRGS em História e ex-mestrando na UFRGS, responsável pelo Projeto Cultural do Curso Unificado e Universitário. Escreveu 16 livros e mais de 50 polígrafos, a maioria sobre História e História das Ideias Políticas. É professor do Curso de Jornalismo Aplicado da RBS-RS e conferencista e palestrante da AJURIS-RS. Fez o Curso de Língua e Cultura Alemã em Berlim, em 1986, onde foi palestrante na Universidade Livre. Representou o Brasil na Feira Internacional do Livro de Jerusalém, em 1991. Tornou-se membro da Academia Sul-rio-grandense de Letras (2008). Diplomado com a Medalha da Cidade de Porto Alegre, em março de 2005 “por relevantes serviços prestados à cidade”. Considerado como ‘Intelectual do Ano’ de 2006. Foi por mais de vinte anos articulista do Jornal Zero Hora-RS na página de “Opinião”, colaborador do Caderno de Cultura ZH e do Jornal da Tarde de São Paulo, também, foi, por quatro anos, comentarista de assuntos internacionais, culturais e políticos do programa “Câmera 2” na TV Guaíba-RS. Durante cinco anos ocupou as funções de Diretor do Memorial do Rio Grande do Sul (2005-2010).
 

[Fonte:   Assessoria de Imprensa Prefeitura de Garibaldi]
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.